Linkedin: uma poderosa ferramenta estratégica

As redes sociais ocupam atualmente um espaço muito importante em estratégias de marketing e comunicação de grandes e pequenas empresas no mundo todo, sendo responsáveis em muitos casos por 60% ou mais da receita e de oportunidades de negócio.

Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, Linkedin, TikTok e tantas outras plataformas que tornaram suas posições de interação social e entretenimento, verdadeiros canais de comunicação, relacionamento e negócios. Um chamariz para empresas que almejam por um minuto da atenção de seus bilhões de usuários.

Entre todas, o Linkedin, conhecido por seus usuários como “rede social profissional”, tem sido objeto de muita atenção, crescendo e aparecendo cada vez mais. Nos últimos 10 anos a procura pelo termo “linkedin” nos mecanismos de busca tem mais do que duplicado e a rede passou a ocupar um espaço de suma importância, sendo requisitado por muitos profissionais de recrutamento e seleção.

E não é à toa, afinal são mais de 575 milhões de usuários no mundo todo, com 40% deles utilizando a rede diariamente. Desses, 11 milhões estão em posições de decisão em suas empresas. O Brasil, atualmente, ocupa a 4ª posição com mais usuários conectados, são mais de 40 milhões de brasileiros utilizando o Linkedin.

Conexões B2B

As empresas têm um lugar muito especial nesta rede, pois o Linkedin conduz mais de 50% do tráfego para sites de empresas, colaborando para a construção da credibilidade e autoridade do perfil.

São mais de 30 milhões de marcas conectadas, que estão produzindo conteúdos ativamente e interagindo com sua rede, seja para a construção de oportunidades de negócio, networking, captação de leads ou de colaboradores.

Independente do motivo, o fato é que a rede profissional está sendo muito eficiente para as empresas que atende, suprindo muito mais do que as expectativas. Profissionais de marketing, por exemplo, garantem que 80% dos seus leads de mídias sociais vêm do Linkedin.

De acordo com a plataforma Hubspot, o Linkedin é 277% mais eficiente na geração de leads do que outras como o Facebook e Twitter. Um número valioso para a estratégia de marketing e comunicação de sua empresa. 

Empresas como Globo, Cacau Show, Nestlé, Itaú, Dell, Apple, Amazon e tantas outras de grande nome e relevância no mercado, estão ativamente se conectando e alimentando seus canais de relacionamento e negócios dentro do Linkedin, o que levanta a questão: por que a sua empresa não está criando autoridade por lá também?

Como utilizar o Linkedin como ferramenta estratégica?

Crie uma Company Page

O perfil da sua empresa é o foco principal e o primeiro contato de novos usuários com a sua empresa, por isso capriche!

Enriqueça a página com links de conteúdos relevantes, como landing pages de produtos e serviços, páginas de blog, outros canais de comunicação e muitas informações sobre o que você tem a oferecer.

Seja amigável e profissional. Conte sobre seus cases de sucesso, desafios e conquistas. Deixe a personalidade e o tom de voz da sua marca bem claros, afinal nada conecta mais do que uma empresa que se mostra como é e defende os seus valores.

Crie uma estratégia

Tenha objetivos claros, assim como nas campanhas. Uma boa estratégia de conteúdo e captação faz muita diferença na hora de fazer parte desta rede, por isso pesquise conexões interessantes para seu negócio e ações que podem facilitar essa ligação.

Faça parte de grupos do seu nicho

Os grupos são excelentes canais de comunicação e negócios, grandes facilitadores de captação de leads. Mas é preciso interagir de verdade, criar autoridade, contribuindo com comentários e conteúdos preciosos, que possam resolver o problema de alguém, por exemplo.

Faça recomendações

As recomendações são muito bem vistas pela plataforma e também por seus usuários, elas auxiliam na melhora da visibilidade, criam parcerias e resultam na grande maioria das vezes em retribuições, aumentando sua relevância na rede.

Prospecte conexões de forma ativa

Networking é um termo muito utilizado e diz muito sobre o Linkedin. Por lá fazer conexões é essencial e garante a visibilidade e credibilidade da sua empresa, mas se feitas de forma impensada, sem uma estratégia planejada, podem atribuir uma reputação ruim à sua empresa. Cuidado!

Se conecte com pessoas do mesmo nicho que o seu, autoridades no mercado e profissionais relacionados ao seu objetivo estratégico. O mais importante é interagir, trocar experiências, ajudar quando for possível e participar de conversas e discussões sobre assuntos em comum.

Produza conteúdo específico para o Linkedin

Muitas empresas acabam utilizando a plataforma como repost de conteúdos de outros canais, mas o mais adequado é produzir conteúdos específicos para o Linkedin, afinal cada rede tem a sua estratégia, o seu público alvo e precisam de uma atenção especial.

Nada de entupir a time line com artigos e posts, mas é preciso se manter ativo e frequente, constante para os usuários que te acompanham, aumentando a interação e credibilidade. Cases e histórias funcionam muito bem nesta rede.

Utilize o Linkedin Ads

Se você está começando a trabalhar sua marca na plataforma, o Ads pode ser uma ferramenta estratégica e uma grande aliada na construção de autoridade. Uma maneira mais rápida de alcançar leads qualificados criando anúncios atrativos e poderosos. Assim como no Google e Facebook Ads, a plataforma permite segmentar seu conteúdo, direcionando aos usuários ideais.

O Linkedin tem alcançado números expressivos em grande parte dos segmentos e é atualmente uma das redes mais procuradas por profissionais e empresas de todos os setores e posições. 

Entre os destaques do Linkedin, está a utilização de Inteligência Artificial (IA) dentro da rede, com respostas inteligentes e perguntas sugeridas, um ponto muito positivo, principalmente pensando em otimização e praticidade, importantes objetivos para a indústria 4.0.

Gostou do artigo? Como está a autoridade da sua empresa no Linkedin?

Siga o Grupo Novus também no Linkedin.Veja outros conteúdos indicados para você: 8 dicas para captar clientes para o negócio.

Gostou dessa Publicação?

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkdin
Compartilhar no pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário