Endomarketing: o que é isso?

Entenda o que é o tão falado endomarketing e porque ele é (muito) importante para as empresas!

O que é endomarketing?

endomarketing
endomarketing

Endormarketing, também conhecido como marketing interno, é considerado o conjunto de ações de comunicação e engajamento interno. Enquanto o marketing “tradicional” tem foco no cliente externo para vender seu produto ou serviço, o endomarketing se volta inteiramente aos colaboradores e todos que fazem parte do negócio.

Porém, mais do que apenas utilizar conceitos do marketing, essa estratégia também com conta com características da administração e da gestão de recursos humanos. A partir dessa relação, cria-se uma comunicação assertiva e alinhada.

Seu objetivo é conquistar o primeiro cliente, o interno. Portanto, busca promover ações que faça com que os colaboradores percebam sua importância na construção e crescimento da empresa. Assim, além de terem essa percepção, também se sentirão satisfeitos e empenhados em suas atividades.

Trabalhe internamente para trazer o funcionário para o seu lado, faz com que ele vista a camisa da empresa, valorize seu trabalho e se sinta valorizado pela organização.

Quais os benefícios do endomarketing?

Cada empresa pode ter uma relação de ganho-ganha diferente com seu trabalhador, dependendo dos seus objetivos. Entretanto, existe uma serie de benefícios que impactam direta e positivamente nos resultados do negócio. Dentre eles estão:

Ajuda na retenção de talentos:

Um dos benefícios de implementar-lo é o aumento da capacidade que a empresa tem de reter talentos, um desafio para as corporações atuais devido à competitividade do mercado. Justamente por conta do foco nos colaboradores, incentivo e motivação que eles permanecem em seus postos.

Se os colaboradores percebem que estão no melhor local para ser trabalhar, o percentual de turnover cai e os talentos permanecem na companhia, aumentando significativamente os ganhos para qualquer companhia.

Funcionários mais motivados:

Utilizar o marketing interno de forma adequada e integrada faz com que os colaboradores se sintam valorizados, satisfeitos e muito mais felizes em seu ambiente de trabalho.

O trabalhador se sente apreciado e agradecido a ponto de dar mais de si, não se sente um mero objeto para obtenção de lucro da corporação.

A motivação dos funcionários aumenta consideravelmente ao sentirem que estão em um ambiente de trabalho que se preocupa com seu bem estar.

Torna a realização de tarefas mais simples e cria uma sensação de motivação contínua, impactando diretamente na produtividade.

Aumenta as vendas e oportunidades de negócios:

Uma empresa que conta com funcionários bem treinados, motivados, engajados e frequentemente capacitados, certamente será mais produtiva.

Como consequência natural, expande suas atividades empresariais e aumenta também seus lucros.

Se tratando de seus resultados em relação aos clientes externos, a empresa gera também mais vendas e oportunidades de negócio.

Alinha objetivos:

Ele também auxilia no alinhamento de objetivos organizacionais com as pessoas envolvidas, uma vez que a empresa tem a chance de estreitar o relacionamento tanto entre as pessoas de um mesmo departamento, quanto de setores diferentes.

Todos formam um só organismo que precisam se unir para dar vida à empresa, melhorando o clima organizacional. Junto com isso, o espírito de equipe surge como consequência natural da comunicação eficaz.

Estimula a criação de uma cultura de inovação:

Quando o talento compreende o negócio da empresa que ele atua, sua visão sobre a importância do seu papel sobre a vida da empresa torna-se mais claro. Aliando isso ao engajamento, participação e comunicação, o resultado é novas idéias e sugestões que partem espontaneamente dos funcionários.

Mais colaboradores sentirão a necessidade de expressar suas ideias e sugestões, e mais a empresa pode se beneficiar ao ajustar sua atuação baseando-se nessas informações. Cria-se assim uma cultura de inovação que explora o potencial criativo de seus funcionários.

Cria um diferencial competitivo:

Por fim, a empresa cria um diferencial competitivo. Pois consegue melhorar seu relacionamento com os colaboradores, gerando uma cultura mais alinhada e refletindo qualidade.

Essa é uma prática pouco utilizada por empresas de pequeno e médio porte. Por isso, a empresa que adota essa estratégia sai na frente de seus concorrentes, destacando-se no mercado.

Fonte: Abertura Simples

Para mais informações como esta, notícias e dicas do mundo empresarial, fique sempre atento ao nosso blog!

E nas nossas redes sociais Facebook e Instagram.

Gostou dessa Publicação?

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkdin
Compartilhar no pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário