MEI: por que formalizar é sua melhor opção?

Muitos empreendedores trabalham de maneira informal, pois não conhecem as vantagens da formalização e temem cair na burocracia, pela carga tributária e os altos custos para manter uma empresa registrada no Brasil.

Este artigo vai tirar algumas dúvidas e te mostrar porque formalizar o seu negócio e se tornar um MEI é a melhor opção.

Menos burocracia

O programa desburocratiza o processo de abertura depor completo, que agora é todo feito pela internet de forma gratuita. E você pode, após preencher as informações da sua empresa, sair com o CNPJ na hora.
Para se formalizar como MEI é muito fácil, basta acessar o site do Portal do Empreendedor. Dentro do portal, é necessário preencher a sua inscrição informando alguns dados pessoais e pronto.

Menos tributos

Para quem é MEI há isenção de impostos federais e redução de taxas e custos. O empreendedor paga ao município o valor simbólico de R$5,00 como Imposto Sobre Serviços (ISS), além de R$1,00 ao Estado, cobrindo-se o Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS).

Além disto, paga-se um percentual de 5% sobre o salário-mínimo, todo mês, para custear o INSS. Todos esses impostos são cobrados em uma única guia chamada DAS cujo vencimento é até o dia 20 de cada mês.

Segurança

O MEI tem cobertura da Previdência Social em alguns benefícios. Ele pode se aposentar por idade ou por invalidez, receber auxílio-doença e salário-maternidade. Sua família ainda terá, desde o primeiro pagamento, os benefícios de pensão por morte e auxílio-reclusão.

Você quer se aposentar por tempo de contribuição também? Não tem problema, basta fazer o complemento do INSS para ter acesso a todos os benefícios da Previdência, incluindo aposentadoria por tempo de contribuição.

Renda e financiamento

Possuir CNPJ possibilita ao empreendedor abertura de contas bancárias, maior facilidade para conseguir linhas de crédito e financiamentos com condições especiais.

Mais oportunidades

A formalização da empresa possibilita que ela realize negócios com poder público. A empresa formal pode, por exemplo, participar de licitações, caso em que é necessário possuir CNPJ. E existem também muitas empresas com a política de só realizar negócios com outras empresas, ou seja, negócios regularizados.

E mais

Além destes benefícios, quem se formaliza como MEI também tem direito de contratar um funcionário e possui escrituração fiscal e contábil simplificadas. A única obrigação fiscal básica é comprovar que o faturamento do ano não ultrapassou o teto de 81 mil reais. Esta comprovação é feita através da Declaração Anual do Simples Nacional – Microempreendedor Individual (DASN-Simei).

Se você deseja formalizar o seu negócio, fale com um contador. Embora todas as exigências para se tornar um MEI possam ser feitas pelo próprio empreendedor, o contador poderá orientar com relação a todos os trâmites, trazendo mais segurança para o empreendimento.

Em caso de dúvidas, não deixe de entrar em contato conosco! Teremos prazer em ajudá-lo.

Gostou dessa Publicação?

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkdin
Compartilhar no pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário

Fechar Menu
WhatsApp chat